Quid est veritas?

LEIA ATÉ O FINAL. SE NÃO ENTENDER, LEIA VÁRIAS VEZES!

Primeiramente: imposto é roubo!

Jair Messias Bolsonaro é um milionário, Lula também é, e a maioria dos políticos não dão a mínima para os brasileiros desse país.

Não vamos esquecer do vendedor de queijos que cometeu suicídio após os fiscais levarem toda a sua fonte de renda.

Como você acha que surgiu o Estado Islâmico? Al-Qaeda? Boko Haram? Hamas? Talibã? Hezbollah? Como você acha que surgem os terroristas? MEDOO! Se os EUA com todo o seu poder bélico declarasse guerra a minha nação e invadisse a minha cidade eu também viraria um louco, certos ou errados, eu não estou analisando as intervenções americanas ao redor do mundo, só estou explicando como os homens viram monstros. (Tentar forçar qualquer pessoa a obedecer qualquer lei que vai contra os direitos naturais é o mesmo que tentar fazer um elefante voar ou um leão virar vegetariano após ter passado vários anos comendo carne na selva).

Existem muitas respostas para essas perguntas, mas entre todas elas eu sempre chego à conclusão que a culpa é sempre das intervenções do estado fazendo proibições gritantemente estúpidas e injustas, tentando controlar o homem por meio do exército ou polícias. É assim em todo o mundo, dizem que é para o nosso bem, dizem que eles sabem o que é melhor para nós e em nome de um “mundo perfeito” eles proíbem ou regulamentam a prostituição, as drogas, objetos cortantes, armas etc…

Primeiramente, de acordo com o direito natural, não é errado ter qualquer objeto, seja ele uma faca, uma arma, um tanque de guerra, algumas pedras de crack ou 30 mil toneladas de maconha. Desafio qualquer político, pastor, juristas, advogado, policial, militar a entrar em uma cadeia e olhar nos olhos de uma homem que foi preso somente por ter uma arma ilegal ou por ter ficado irado com essa injustiça e ter dado um soco no nariz do policial, “poderia ter dado um tiro”.

Eu desafio você em toda a sua sabedoria convencer esse homem que ele está errado e que ele tem que ficar trancado em uma cadeia junto com estupradores, pedófilos e assassinos que deveriam estar mortos se houvesse justiça nesse país. Pela última vez, drogas e armas não devem ser proibidas! Punir isso é loucura! Eu não defendo que proíbam as pessoas de fazerem campanhas de prevenção, as escolas, as famílias e a igreja devem sim ensinar as consequências de ter esses “objetos”, mas proibir e regulamentar é LOUCURA! DESGRAÇA!

Vamos lá, tire alguma horas do seu dia, vá até alguma cadeia ou presídio, passe pela revista dos policiais, preencha um cadastro na secretaria da prisão, caminhe até a cela, entre nela e peça para te fecharem lá dentro, sinta o cheiro de mofo e fezes no ar, olhe para todos aqueles homens, alguns brancos, nenhum de olho azul, a maioria negra e parda e, se possível for, peça para os policias se afastarem para você conversar a sós com esse homem que foi abandonado pela família simplesmente por vender drogas e ter uma arma ilegal, VAMOS LÁ HERÓI DA NAÇÃO! MITO! CORAJOSO! DEFENSOR DA CONSTITUIÇÃO! VAMOS LÁ HÉRCULES!

Pergunte pra ele se as drogas eram dele, ele vai dizer que não, na verdade ele não vai dizer nada porque ninguém vai acreditar nele mesmo. PARABÉNS CAMPEÃO! Lá no fundo você sabe que colocaram as drogas nas roupas dele para incriminá-lo, MAS QUEM SE IMPORTA, o importante é PRENDER! PRENDER! ESSE LIXOS! NÃO? Não estou dizendo que todos policiais fazem isso por vingança, incriminando inocente, mas já fizeram isso com vários amigos meus.

Vamos lá, HERÓI! MITO! Sente-se no chão do lado desse negro criminoso e lhe pergunte o que ele pensa em fazer com os políticos depois que ele sair dali. Seja sincero: “isso é justo”? Semana passada ele bateu em todos os presos da cadeia e foi trancado na solitária porque eles querem matar ele.

Vá até lá, faça como eu fiz, ele não vai olhar nos seus olhos porque seu ódio é tão grande que mesmo falando durante 20 minutos tudo o que eu conhecia sobre Deus, parece que não adiantou, pois no seu coração ele sabia que estava certo, como José na prisão do Egito, como Jesus sendo interrogado por Pilatos: o que é a verdade?

E por falar em verdade tenho que lamentavelmente dizer que eu não tenho lado nessa guerra. Não me importo com rixas pessoais entre policias e traficantes, ou entre exército e o crime organizado. A diferença entre o estado e o crime é só o “organizado”. Ambos são assassinos, e ambos vão para o inferno, tanto o policial que subiu na favela para matar os “criminosos” para ROUBAR, SIM, ROUBAR! Suas armas e drogas que são suas propriedades privadas, quanto os criminosos que matam policiais que só estão cumprindo as leis burras desse país.

Vocês querem o que? Vocês regulamentam todas as profissões, destruíram a economia monopolizando quase todos os setores da sociedade, gasolina: uma empresa, armas: uma empresa, transporte, saúde, justiça: OAB, educação: MEC, tudo nas mãos de incompetentes loucos, você queriam o que? Que todo mundo fizesse faculdade, prestassem concurso, virasse policial ou militar, vão pro inferno.

Não são todos, mas a grande maioria dos militares são filhos de homens de classe média alta e que tiveram uma educação familiar, pública ou privado que presta. É ilusão pensar que todos serão policiais e militares, sempre existirão exércitos paralelos e a proibição do exército em relação a forças armadas independes é imoral e indefensável no ponto de vista ético. Que validade tem um instituição que segue leis que violam o direito natural do indivíduo e ainda proíbe as pessoas de se defenderem? Nenhuma!

Agora sejamos realistas, quem está certo? Nenhum dos dois, esse foi um dos motivos pelos quais eu nem perdi meu tempo em pensar com seriedade na possibilidade de ser um militar ou policial. E quem está certo? O criminoso que mata policiais para se defender ou por vingança, ou o policial que por ordem das leis e do estado ROUBA drogas e armas.

Novamente repito, ambos são assassinos, pelos menos até que mudem as leis e tudo volte a ficar em conformidade com o direito natural. A propriedade privada é sagrada. Argumentamos, logo reconhecemos mutuamente o controle exclusivo dos nossos corpos, e portanto detemos autopropriedade e podemos estender esse direito a objetos passíveis de apropriação.

Eu jamais irei concordar com essas teorias vazias de mundo perfeito, servi o exército durante um ano e me arrependo, eu tenho nojo, asco, vergonha de ter conhecido essa instituição, CANALHAS! BURROS! Deixaram o país virar socialista e comunista e mesmo assim nem notaram! E se notaram se tornaram cúmplices desse inferno.

Meu Deus! A Dilma já foi presidenta! MEU DEUS! Vocês militares do exército, marinha, força aérea, não entendem nada de economia. Onde vocês estavam seus vermes quando o LULA estava vendendo o Brasil, negociando com os banqueiros e empreiteiras, SEUS MERDAS! A culpa dessa desgraça toda é de vocês! Vocês e todo esse sistema maldito vão todos queimar no inferno. Policiais escravos dessa constituição socialista e comunista, juízes covardes que não punem com pena de morte os crimes que violam a vida, a liberdade e a propriedade privada, vocês vão TODOS queimar pra sempre junto como todos os estupradores, pedófilos, assassinos.

Cúmplices, todos do STF, Jair Bolsonaro, Políticos, vão todos queimar pra sempre. Eu quero ver qual vai ser a desculpa que darão quando chegarem diante de Deus naquele dia. “Mas… mas… mas… eu só estava obedecendo a constituição. Eu só estava cumprindo ordens”. Os soldados nazistas também vão dizer o mesmo, e vocês vão juntinhos, junto com esse sistema/GOVERNO, e quando digo governo eu também me refiro aos militares, bombeiros, policiais, eu não faço separação entre governo, leis e policiais.

Os que dizem ser os defensores das instituições as usam para matar o povo, os que dizem cumprir as leis, invertem sempre o seu verdadeiro significado para se vingar e punir os fracos e indefesos, os policias e os militares são a espada que o estado usa para nos obrigar a cumprir essa porcaria feita no inferno chamada constituição. Eu poderia falar no código penal, entrar em detalhes até não sobrar mais argumentos, mas vão a merda! LOUCOS! QUE QUEIMEM NO INFERNO!

Vão juntos com essa constituição, monopólios, autarquias, ONG’s, agências reguladoras, a constituição não é minha Bíblia e o governo com todas as suas armas jamais serão o meu Deus. Minha consciência é muito maior que esse lixo que vocês idolatram que se chama república. Aguardem… vocês estão criando monstros… Eu vi com meus próprios olhos… Eu não tenho medo de iletrados, drogados e revoltados da vida… Eu tenho medo de pessoas boas, honestas, que perderam a família, emprego e filhos por causa de imposto que em mundo racional poderia ser facilmente perdoado e esquecido, presos por leis injustas, criminalidade, impunidade, presos por usar, vender ou transportar drogas. Presos por ter armas ilegais ou de calibre restrito.

Não me comparem com esse sistema. Vocês criaram todo esse problema. Que vocês provem do próprio veneno. Mene, mene. Tequel. Parsim. Os falsos deuses vão sangrar!

Um comentário

  1. Vish, redpillou total!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.